sábado, 5 de janeiro de 2013

Nas Teias do Poder de Fernando Gil Teixeira

Opinião: Gentilmente oferecido pela Chiado Editora (em passatempo aqui) aventurei-me neste livro por uma simples razão: a idade do autor. Fernando Gil Teixeira tem apenas 16 anos e este é a sua primeira publicação. Não se espera então deste livro uma obra prima nem um livro de peso literário muito grande devido à inexperiência do autor.

Este é um pequeno livro de 100 páginas que se lê num par de horas. A linguagem é simples, com poucos adornos e com descrições practicamente inexistentes. A história e o enredo não são propriamente originais mas o desenrolar dos acontecimentos está bem pensado. O grande problema é mesmo a velocidade em que tudo se passa. Não sei se por ventura isso acontece, mas ao ler este livro sente-se que foi imposto ao autor um limite de páginas que o mesmo não podia ultrapassar. E dizendo a verdade, a não ser quando dotado de uma capacidade narrativa notável, 100 páginas para qualquer autor não são suficientes. Em 100 páginas diz-se pouco de pouca coisa. Aqui sentimos que a história começa e quando viramos a página já acabou. Não esperava muito deste livro para além de uma história leve e despretensiosa e foi isso mesmo que aconteceu. Um policial com crime e romance à mistura. Alguma insanidade e aventura. Um ponto a destacar é a crítica social feita pelo autor a alguns temas da sociedade actual. O autor critica e reflecte (e bem) acerca do da importância dada aos desportos e desportistas "inferiores" (extra futebol). Para além disso uma crítica à arrogância dos políticos e ministros através da fictícia Ministra da Saúde.

Resumindo, uma boa estreia do autor. Não sou a favor da tão prematura publicação mas parece-me que com algum amadurecimento poderemos vir mais tarde a ouvir falar deste autor.


2 comentários:

  1. Li este livro, e a minha opinião foi muito idêntica :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos ver o que o autor tem para nos mostrar futuramente :)

      Eliminar